O BATISMO NO ESPÍRITO SANTO

(Publicação: 30/01/2021)

O BATISMO NO ESPÍRITO SANTO



PROPÓSITO


Esta publicação tem o objetivo de alcançar irmãos e irmãs que são membros de "igrejas evangélicas", e que, simplesmente pelo fato de não falarem em línguas, são considerados pelas lideranças como crentes incompletos, vetando-se-lhes quaisquer outros cargos ministeriais, sob a alegação de que não são "batizados com o Espírito Santo", e isso os leva a reterem tambem outros dons do Espírito Santo que com certeza possuem, os quais poderiam tão bem serem colocados para benefício da igreja como um todo.

Entenda-se como "Igrejas evangélicas", aquelas que em alguns aspéctos se identificam com a Igreja apostólica do primeiro século, como: O cuidado mútuo entre os membros através de algum tipo de obra social chamado por Paulo como o "ministério do socorro"; Evangelização ou Missões locais ou ainda Missões transculturais; Ensino da Palavra através de cultos de ensino ou escolas bíblicas; E coisas do gênero. Pois, para ser igreja de Cristo tem que ter algumas das características da igreja mãe e não uma igreja que tem todo o seu trabalho voltado para si mesma.

Então, se você é membro de uma igreja, mas igreja mesmo, continue lendo.

Nos meios pentecostais, algumas igrejas separam a membresia em dois grupos: Os que são batizados nO Espírito Santo e os que não o são. Para ter carreira ministerial, é obrigatório ser batizado com O Espírito Santo, e isto tem que ser provado, e a forma de provar é o falar em línguas.

O mais grave em tudo isso, é que alguns, no afã de galgarem seus ministérios, são levados a prática de glossolálias e acabam se acostumando a isso e o fazem cada vez melhor. Ainda que o façam, ou que tenham feito por uma boa causa, isso é pecado. É um pecado grave, pois alvilta o Espírito Santo de Deus, que é digno de toda a honra e de toda a glória e de todo o luvor.

Nos meus mais de 60 anos no ministério, em diversas denominações, pentecostais e neo-pentecostais, já ouvi coisas assim:
-Para poder chegar ao pastorado, eu precisei forçar um pouco. Mas depois Deus teve misercórdia e me deu línguas de verdade. Huuummmmm!.

Por isso João alerta:
I João 4:
1 AMADOS, não creiais a todo o espírito, mas provai se os espíritos são de Deus, porque já muitos falsos profetas se têm levantado no mundo.

Já ouvi também isto:
-Apesar de eu ser uma crente fiel, tenho o dom de curar os enfermos, e estou sempre bem disposta para a obra, mas a grande tristeza da minha vida é que o Senhor não me batizou no Espírito Santo.(Isto ela dizia porque não tinha o dom de línguas).
Essa irmã tinha um maravilhoso dom de curar crianças enfermas. Não precisa ter fé e nem nada. Era só levar a criança doente a ela, e a criança voltava sã. Infelizmente ela já partiu, e levou consigo esse pesar. Ah se eu pudesse falar com ela hoje.

Já ouvi muitas outras coisas, que não vou colocar aqui para não prolongar muito, mas ouvi vários, que no ardor de abraçar uma carreira ministerial arriscam tudo. Por isso me propuz a fazer esta publicação.

Bons estudos.
Pr. WALTER VACCARO.

ÍNDICE:

1 - O SIGNIFICADO DA EXPRESSÃO “BATISMO”.

2 - O ESPÍRITO SANTO DA PROMESSA.

3 - O BATISMO COM O ESPÍRITO SANTO.

4 - HÁ UM SÓ BATISMO.

5 - A IGREJA DE CRISTO É UM SÓ CORPO.

6 - EVIDÊNCIAS DO BATISMO COM O ESPÍRITO SANTO.

7 - LÍNGUAS: É UM DOM COM RESTRIÇÕES.

8 - ENFIM; O QUE É "LÍNGUAS".

9 - O DIA DE PENTECOSTES.

10 - EM SUMA.


1 - O SIGNIFICADO DA EXPESSÃO “BATISMO”.


Chama Em alguns dicionários da língua portuguesa, a expressão batismo, entre outros, tem os seguintes significados:
01 - Iniciação.
02 - Ato de pôr nome à pessoa ou coisa.
03 - Primeira experiência em uma atividade ou no conhecimento de algo.
04 - Batismo de ar ou batismo de voo = Primeiro voo feito por alguém.
05 - Batismo de mar = Primeira viagem marítima feita por alguém.
06 - Batismo de fogo = Primeira ação de guerra a que assiste o militar.
07 - Primeiro envolvimento em...
08 - Primeiro contato com...
09 - A primeira experiência em qualquer tarefa difícil ou perigosa.
10 - Adulteração dos vinhos e do leite, deitando-lhes água. (Mesmo em se tratando de uma falsificação, traz a ideia de que aquele vinho, ou aquele leite nunca mais será como antes. Mudou a sua essência para sempre).

É historicamente comum, no batismo, uma pessoa receber um novo nome, pois essa pessoa está iniciando uma nova vida e a pessoa antiga morreu. Por isso é comum se ouvir a expressão "nome de batismo".

O BATISMO DE JESUS (No rio Jordão, feito por João Batista).
Não foi um batismo para arrependimento. Jesus não tinha de que Se arrepender.
Não foi um símbolo de lavagem de pecados, Jesus não tinha pecados para lavar.
Não foi símbolo de morte de renascimento, pois Ele já era eterno e não precisa renascer.

Jesus foi batizado porque estava iniciando ali o seu ministério. Um caminho sem volta.

Aquele momento do batismo, foi o início do Seu ministério, o marco "zero". Tudo o que Jesus fez antes disso não fazia parte do seu ministério. Em Caná da Galileia ele transformou a água em vinho, mas ele mesmo disse que ainda não era chegada a sua hora.
João 2:
4 Disse-lhe Jesus: Mulher, que tenho eu contigo? Ainda não é chegada a minha hora.

Então, foi mesmo, uma iniciação.

Assim sendo, a expressão “BATISMO COM O ESPÍRITO SANTO” significa “O primeiro contato, ou interação, que o crente tem com O ESPÍRITO SANTO DA PROMESSA”, e isso pode ocorrer em qualquer fase de sua vida, mesmo na infância, e seja qual for o resultado dessa interação, isso se chama "batismo".


2 - O ESPÍRITO SANTO DA PROMESSA.


Uma das ações do ESPÍRITO SANTO DE DEUS, é atuar como O ESPÍRITO SANTO DA PROMESSA, sendo esta totalmente ligada a JESUS e a IGREJA. É “da Promessa” por ter sido prometida no livro do profeta Joel (Joel 2.28).

Então trata-se de uma atividade bem específica dO Espírito Santo de Deus, assumindo as funções de “paracleto”, ou Espírito Santo da Promessa.

Estamos falando de um só Ser, o ESPÍRITO SANTO, porém neste caso com a função específica de interagir com os crentes da Igreja de Jesus.

Em tese, estamos separando PNEUMATOLOGIA de PARACLETOLOGIA, pois o ESPÍRITO SANTO DE DEUS, sempre interagiu com a criação, inclusive criando, quando na forma de VERBO, e isso tanto no espiritual como no físico, e assim ainda o faz. Porém, na forma de PARACLETO, Ele interage nos crentes da Igreja de Jesus coabitando no mesmo tabernáculo, atuando em tudo o que concerne à Igreja.

Deus, pelo Seu Espírito Santo, desde antes da criação do mundo interage com o universo. Durante toda a história e nos tempos do Antigo Testamento Ele agiu notoriamente na vida de várias pessoas sem que significasse "batismo com o Espírito Santo".

A expressão “BATISMO COM O ESPIRITO SANTO” é promessa para a Nova Aliança, pois o "Batismo com o Espírito Santo" somente é feito pelo "Espírito Santo da Promessa" e isto a partir do dia de "pentecostes" ou "shavuot" do ano 33 d.C.(Salvo os erros existentes no calendário), época na qual a PALAVRA DE DEUS foi aberta para todos os povos.

Antes disso, A visita do Espírito Santo era temporária. Ele interagia com as pessoas mas não habitava nelas. Isso ocorreu com muitos homens de Deus, e até mesmo com adversários como no caso do sonho do faraó. Até mesmo a mula do profeta Balaão falou.

O "ESPÍRITO SANTO DA PROMESSA", é a presença do próprio SENHOR JESUS, conforme:
João 14:
18 Não vos deixarei órfãos; voltarei para vós.

João 16:
7 Todavia digo-vos a verdade, que vos convém que eu vá; porque, se eu não for, o Consolador não virá a vós; mas, quando eu for, vo-lo enviarei.

Mateus 28:
19 Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo;
20 Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém.

Marcos 16:
20 E eles, tendo partido, pregaram por todas as partes, cooperando com eles o Senhor, e confirmando a palavra com os sinais que se seguiram. Amém.


3 - O BATISMO COM O ESPÍRITO SANTO.


Batismo “com O” Espírito Santo: É quando o Espírito Santo batiza alguém.

O Batismo “pelo” Espírito Santo: Idem.

Batismo “nO” Espírito Santo: É quando alguém é batizado nO Espírito Santo.

Em todos os casos, entende-se que, para a ocorrência do batismo houve uma concordância entre o Espírito Santo e o Batizando. Logo, todas as formas de expressão têm o mesmo sentido.

Ter o Espírito Santo e o mesmo que ter sido batizado “com O”, “pelo” ou “nO” Espirito Santo.

Desde que houve uma interação entre a pessoa e O Espírito Santo da Promessa, houve o batismo.

Conforme vimos acima, o batismo é um marco do primeiro acontecimento ou do primeiro contato com uma nova vida ou algo que marque para sempre a vida de alguém, e conforme o caso pode até haver algum tipo de celebração.

O Batismo com o Espirito Santo é a primeira interação que uma pessoa tem com o Espírito Santo de Deus, sendo que Este, no atributo de Espírito Santo da Promessa, e concernente a atos ligados a Igreja de Jesus.

O Batismo ocorre quando Ele, O Espírito Santo de Deus, na qualidade de Espírito Santo da promessa interage com alguém, e este aceite a interação.

Quando alguém reconhece JESUS como o seu SENHOR, já houve uma interação, logo, já houve o batismo.

Para todos os casos, quaisquer mover do Espírito na vida do crente, visível ou invisível, exterior ou interior, é uma evidência.


O RECONHECIMENTO DE JESUS COMO SENHOR, JÁ É UMA INTERAÇÃO DO ESPÍRITO SANTO.

A revelação do senhorio de Jesus já é feita através do Espírito Santo da Promessa.
ICor. 12:
03 Portanto vos quero fazer compreender que ninguém que fala pelo Espírito de Deus diz: Jesus é anátema, e ninguém pode dizer que Jesus é o Senhor, senão pelo Espírito Santo.


O BATISMO COM FOGO.

Pode ser interpretado como o "ardor". Quando alguém é "inflamado" pela Palavra e pela obra de Deus.

Há outras interpretações do batismo com fogo, que seria o juízo, conforme:
Mateus 3:
12 Em sua mão tem a pá, e limpará a sua eira, e recolherá no celeiro o seu trigo, e queimará a palha com fogo que nunca se apagará.


4 - HÁ UM SÓ BATISMO.

Efésios 4:
4 Há um só corpo e um só Espírito, como também fostes chamados em uma só esperança da vossa vocação;
5 Um só SENHOR, uma só fé, um só batismo;
6 Um só Deus e Pai de todos, o qual é sobre todos, e por todos e em todos vós.

Se há um só batismo, porque então falamos em dois. Batismo nas águas e Batismo com o Espírito Santo.

Conforme texto bíblico acima, se há um só batismo, então o batismo nas águas e o Batismo com o Espírito Santo é um único batismo, porque quando alguém dispõem-se ao batismo nas águas, é porque já houve uma interação do Espirito Santo da Promessa e o batismo com o Espírito Santo já é consumado na vida daquele batizando.


5 - A IGREJA DE CRISTO É UM SÓ CORPO.


A Igreja de Cristo é um só corpo, e, ou todo o corpo está batizado ou todo o corpo não está batizado. É impossível batizar as mãos sem batizar os pés, ou quaisquer outros membros do corpo. É estranho imaginar que uns membros do corpo são batizados e outros não.
I Coríntios 12:
12 Porque, assim como o corpo é um, e tem muitos membros, e todos os membros, sendo muitos, são um só corpo, assim é Cristo também.
13 Pois todos nós fomos batizados em um Espírito, formando um corpo, quer judeus, quer gregos, quer servos, quer livres, e todos temos bebido de um Espírito.

Com isto, entende-se que, toda a igreja tem uma membresia.

Se um membro é batizado no Espírito Santo, então todos os demais também o são. Por outro lado, entende-se também que, se um membro não é batizado, então todos os outros também o não são. Ou todos são, ou todos não são. Caso contrário não é um corpo, e não poderia ser identificada como uma igreja de Cristo.

Agora, veja isto:
II Coríntios: 12:
28 E a uns pôs Deus na igreja, primeiramente apóstolos, em segundo lugar profetas, em terceiro doutores, depois milagres, depois dons de curar, socorros, governos, variedades de línguas.
29 Porventura são todos apóstolos? são todos profetas? são todos doutores? são todos operadores de milagres?
30 Têm todos o dom de curar? falam todos diversas línguas? interpretam todos?
31 Portanto, procurai com zelo os melhores dons; e eu vos mostrarei um caminho mais excelente.

Pelo texto supra entendemos que:
Todas as evidências citadas são dons do Espírito Santo, inclusive línguas.
Se Paulo listou os dons por ordem de importância, então línguas é o dom menor.

Então, todos os membros da Igreja de Corinto eram batizados com O Espírito Santo.

Conforme ICor.12.28, acima, uns poderiam ser apóstolos, outros profetas, outros doutores, outros operadores de milagres, outros poderiam ter o dom de curar, outros poderiam ser aplicados ao socorro, outros poderiam ser bons administradores, outros poderiam falar línguas estranhas e outros poderiam interpretar as línguas estranhas. Jamais imaginar que todos fariam tudo.

Então, nos vs. 29 e 30, Paulo pergunta:
Perguntas:Respostas Óbvias:
São todos após­to­los?Não. Al­guns po­de­riam ser a­pós­to­los.
São todos pro­fetas?Não. Alguns po­de­riam ser pro­fetas.
São todos doutores?Não. Alguns poderiam ser doutores.
São todos operadores de milagres?Não. Alguns poderiam ser.
Têm todos o dom de curar?Não. Alguns poderiam ter.
Todos falam línguas estranhas?Não. Alguns poderiam falar.
Todos interpretam as línguas estranhas?Não. Alguns poderiam interpretar.

Do exposto até aqui, fica claro, interpretando a Bíblia pela própria Bíblia, que o falar em línguas estranhas é sim uma evidência do Batismo com O Espírito Santo, mas não a única evidência. Qualquer moção do Espírito na vida do crente, é uma evidência do Batismo.

Pelos textos acima, um bom administrador (líder eclesiástico), ou alguém empenhado no bem estar alheio,(socorro), ou um bom entendedor da Palavra de Deus (doutor), também são evidência do Batismo com Espírito Santo, pois Paulo cita que todos da igreja eram batizados com O Espírito Santo, e que alguns na igreja poderiam ter estes dons mesmo não tendo outros, como por exemplo falar em línguas.

Podemos deduzir disto que, como já citado acima, o Batismo com o Espirito Santo é a primeira interação que uma pessoa tem com o Espírito Santo de Deus, e Este, como Espírito Santo da Promessa, em atos ligados a Igreja de Jesus.
I Coríntios 12:
3 Portanto, vos quero fazer compreender que ninguém que fala pelo Espírito de Deus diz: Jesus é anátema, e ninguém pode dizer que Jesus é o SENHOR, senão pelo Espírito Santo.

Assim sendo, não é correta a expressão: "Buscar o Batismo com O Espírito Santo". Não há essa expressão na Bíblia. Porém é correto dizer: "Buscar os dons dO Espírito Santo", conforme I Coríntios 12:
31 Portanto, procurai com zelo os melhores dons; e eu vos mostrarei um caminho mais excelente. Paulo, escrevendo aos Coríntios, diz o seguinte:

IICor.12.
13 Pois todos nós formos batizados em um Espírito formando um corpo, quer judeus, quer gregos, quer servos, quer livres, e todos temos bebido de um Espírito.

Quando Paulo diz: "todos nós";
está dizendo ele, o Paulo, e todos os membros da igreja de Corinto, "fomos batizados em um Espírito"; Fomos batizados no Espírito Santo. Note Espírito com "E" maiúsculo. Paulo não poderia estar se referindo a qualquer outro espírito quando diz "um Espírito", pois ele está falando exatamente sobre o batismo com o Espírito Santo e dos dons espirituais.

Paulo vai ainda mais longe quando diz: "todos temos bebido de um Espírito", dando a entender que agora o Espírito Santo habita interiormente em nosso ser, de sorte que Ele faz parte de nosso ser, (ou nós é que fazemos parte do Seu Ser), e não é apenas uma influência exterior ou uma indução. Veja o que Paulo diz em:
I Coríntios 6:
19 Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos?

Estes textos bíblicos deixam claro que todos os membros da Igreja de Corinto eram batizados com Espírito Santo, mesmo aqueles que não falavam em línguas pois tinham recebido outro ou outros dons, que não e de falar em línguas.

Vejamos isto também:
Gal. 3:
27 Porque todos quantos fostes batizados em Cristo já vos revestistes de Cristo.
28 Nisto não há judeu nem grego; não há servo nem livre; não há macho nem fêmea; porque todos vós sois um em Cristo Jesus.
29 E, se sois de Cristo, então sois descendência de Abraão, e herdeiros conforme a promessa.

Novamente Paulo dizendo que todos os crentes da Igreja dos Gálatas, são um em Cristo.(vs. 29), no sentido de um só corpo, sendo que no vs. 27 ele diz que todos os que foram batizados em Cristo, (batismo nas águas senão ele teria citado “nO Espírito Santo”), estão revestidos de Cristo, ou seja, revestidos dO Espírito dO Cristo, e o Espírito de Cristo é o Espirito Santo. Ele diz, todos, e não somente aqueles que falam línguas, pois não é possível em um corpo que uns sejam revestidos e outros não.


6 - EVIDENCIAS DO BATISMO COM O ESPIRITO SANTO

01 – EVIDÊNCIAS CITADAS PELO PROFETA JOEL.

Joel 2:
28 E há de ser que depois, derramarei o meu Espírito sobre toda a carne, e vossos filhos e vossas filhas profetizarão, os vossos velhos terão sonhos, os vossos mancebos terão visões.

PROFECIA (em suas várias formas, inclusive a exemplo dos profetas do AT).
SONHOS (revelações em sonhos).
VISÕES (revelações).

Evidentemente, Joel não cita todas as evidências do Batismo com o Espírito Santo, e com certeza está citando as principais. Profecias, sonhos e visões. Também não citou línguas.


2 – EVIDÊNCIAS ATRAVÉS DE LÍNGUAS E PROFECIAS.

Atos 19:
02 Disse-lhes! Recebestes vós já o Espírito Santo quanto crestes? E eles disseram-lhe: Nós nem ainda ouvimos que haja Espírito Santo.
03 Perguntou-lhes então: Em que sois batizados então? E eles disseram: No batismo de João.
04 Mas Paulo disse: Certamente João batizou com o batismo do arrependimento, dizendo ao povo que cresse no que após ele havia de vir, isto é, em Jesus Cristo.
05 E os que ouviram foram batizados em nome do Senhor Jesus.
06 E impondo-lhes Paulo as mãos, veio sobre eles o Espírito Santo; e falavam línguas e profetizavam.
07 E estes eram, ao todo, uns doze varões.
Isto foi o que ocorreu neste episódio, mas, conforme os textos de ICorintios que estudamos, entendemos que há ainda outras evidências que não ocorreram neste episódio, e se ocorreram, não foram relatadas.
Atos 10:
44 E, dizendo Pedro ainda estas palavras, caiu o Espírito Santo sobre todos os que ouviam a palavra.
45 E os fiéis que eram da circuncisão, todos quantos tinham vindo com Pedro, maravilharam-se de que o dom do Espírito Santo se derramasse também sobre os gentios.
46 Porque os ouviam falar línguas, e magnificar a Deus. Aqui houve dois tipos de evidência: Línguas e Louvor ou Glorificações.


3 - EVIDENCIAS ATRAVÉS DE JÚBILO.

Atos 8:
39 E quando saíram da água, o Espírito do Senhor arrebatou a Filipe, e não o viu mais o eunuco; e, jubiloso continuou o seu caminho.
Aqui não podemos imaginar a surpresa do Eunuco a ver que Filipe tinha desaparecido, como que por encanto. Mas jubiloso, ou seja, cheio de alegria e felicidade, seguiu o seu caminho.
Forte expressão de alegria e felicidade, é uma das mais belas evidências do batismo com o Espírito Santo.

Atos 16.
33 E, tomando-os ele consigo naquela mesma hora da noite (a Paulo e Silas), lavou-lhes os vergões, e logo foi batizado, ele e todos os seus.
34 E, levando-os a sua casa, lhes pôs a mesa; e, na sua crença em Deus, alegrou-se com toda a sua casa.
Neste caso também, evidências de alegria.


4 - SEM EVIDENCIAS APARENTES.

Atos 16:
14 E uma mulher, chamada Lídia, vendedora de púrpura, da cidade de Tiatira, e que servia a Deus, nos ouvia, e o Senhor lhe abriu o coração para que estivesse atenta ao que Paulo dizia.
15 E, depois que foi batizada, ela e a sua casa, nos rogou, dizendo: Se haveis julgado que eu seja fiel ao Senhor, entrai em minha casa, e ficai ali. E nos constrangeu a isso.
Este texto quando diz "batizada”, entenda-se "batizada nas águas". O Batismo com o Espírito Santo revela-se pelo seu comportamento em dispor-se a servir.

Atos 18:
8 E Crispo, principal da sinagoga, creu no Senhor com toda a sua casa; e muitos dos coríntios, ouvindo-o, creram e foram batizados.
Este texto quando diz "batizados”, entenda-se "batizados nas águas". O Batismo com o Espírito Santo está no "crer" e a evidência está no dispor-se a batizar-se.


5 – COM EVIDENCIAS NÃO CITADAS.

Os judeus não se comunicavam com os samaritanos, e os desprezavam, porque Samaria era a região das dez tribos dispersas de Israel, cujo povo fora misturado com povos gentílicos (2Reis. 17).

No texto bíblico a seguir, há um relato de Lucas de que os samaritanos estavam sendo batizados nas águas, em nome de Jesus, mas que o Espirito Santo não se fazia presente entre eles.
Vejamos:
Atos 8:
14 Os apóstolos, pois, que estavam em Jerusalém, ouvindo que Samaria recebera a Palavra de Deus, enviaram para lá Pedro e João.
15 Os quais, tendo descido, oraram por eles para que recebessem o Espírito Santo.
16 Porque sobre nenhum deles tinha ainda descido; mas somente eram batizados em nome do Senhor Jesus.
17 Então lhes impuseram as mãos, e receberam o Espírito Santo.

Neste episódio, Lucas relata que, mesmo não havendo a intervenção do Espírito Santo, aqueles samaritanos estavam sendo batizados em nome de Jesus, e eles, tendo recebido a Palavra, provavelmente um movimento clandestino estava se estabelecendo ali.

Então os apóstolos que estavam em Jerusalém, temendo isso, enviaram Pedro e João, e com a presença destes, eventuais desvios foram corrigidos e o Espírito Santo pôde atuar ali.

Este texto não diz que houve línguas, mas pela narrativa do texto bíblico podemos entender que houve algum tipo de evidência, como júbilo, que é o mais comum, e talvez também línguas.

Quando dizemos "júbilo" ou "alegria", refere-se a uma grande alegria, quase incontida, que invade o coração do batizando. Não confundir com manifestaçôes vulgares que ocorrem em algumas igrejas como gritinhos, assovios e coisas do gênero.


A PRINCIPAL EVIDÊNCIA.

Sem nenhuma dúvida, a principal evidencia de uma pessoa Batizada com o Espírito Santo, é o fruto que ela produz, conforme:
Gálatas 5:
22 Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança.


7 - LÍNGUAS É UM DOM COM RESTRIÇÕES.


Falar em línguas, é um dom do Espírito Santo, dado a alguns membros da igreja, e não necessariamente a todos, conforme já exposto biblicamente.

Conforme o texto abaixo que fala sobre a manifestação do Espírito Santo na capacitação do crente, expõe que para uns é dado uma coisa e para outros outra coisa. VEJAMOS:
ICor. 12:
04 Ora há diversidade de dons, mas o Espírito é o mesmo.
05 E há diversidade de ministérios, mas o Senhor é o mesmo.
06 E há diversidade de operações, mas é o mesmo Deus que opera tudo em todos.
07 Mas a manifestação do Espírito é dada a cada um, para o que for útil.
08 Porque a um pelo Espírito é dada a palavra da sabedoria; e a outro, pelo mesmo Espírito, a palavra da ciência;
09 E a outro, pelo mesmo Espírito a fé; e a outro, pelo mesmo Espírito os dons de curar.
10 E a outro a operação de maravilhas. E a outro a profecia; e a outro o dom de discernir os espíritos. E a outro a variedade de línguas; e a outro a interpretação das línguas.
11 Mas um só e o mesmo Espírito opera todas estas coisas, repartindo particularmente a cada um como quer.

Notemos a expressão no vs. 10 quando diz: "E a outro a variedade de línguas" e não "E a todos a variedade de línguas".

O texto acima expõe três tipos de manifestação: Diversidade de dons, advindos de um só Espírito; Diversidade de ministérios, advindos de um só Senhor, e Diversidade de operações, advindas de Deus. É como se fosse três caixas de ferramentas específicas para três tipos de serviços. Normalmente, o crente recebe algumas ferramentas de algumas caixas, e não uma caixa inteira, e muito menos a três caixas.

Então, cada um recebe um dom diferente. Variedade de Línguas é um dos dons, e nem todos o recebem, contudo recebem outro, ou outros tipos de dom, para o que for útil.

Na ordem de importância, o dom de línguas é o menor, além do que Paulo impõe algumas restrições no uso deste dom.

Coríntios 14:
27 E, se alguém falar em língua desconhecida, faça-se isso por dois, ou quando muito três, e por sua vez, e haja intérprete.
28 Mas, se não houver intérprete, esteja calado na igreja, e fale consigo mesmo, e com Deus.

Vejamos também:

I Coríntios 14:
1 SEGUI o amor, e procurai com zelo os dons espirituais, mas principalmente o de profetizar.
2 Porque o que fala em língua desconhecida não fala aos homens, senão a Deus; porque ninguém o entende, e em espírito fala mistérios.
3 Mas o que profetiza fala aos homens, para edificação, exortação e consolação.
4 O que fala em língua desconhecida edifica-se a si mesmo, mas o que profetiza edifica a igreja.
5 E eu quero que todos vós faleis em línguas, mas muito mais que profetizeis; porque o que profetiza é maior do que o que fala em línguas, a não ser que também interprete para que a igreja receba edificação.
6 E agora, irmãos, se eu for ter convosco falando em línguas, que vos aproveitaria, se não vos falasse ou por meio da revelação, ou da ciência, ou da profecia, ou da doutrina?
7 Da mesma sorte, se as coisas inanimadas, que fazem som, seja flauta, seja cítara, não formarem sons distintos, como se conhecerá o que se toca com a flauta ou com a cítara?
8 Porque, se a trombeta der sonido incerto, quem se preparará para a batalha?
9 Assim também vós, se com a língua não pronunciardes palavras bem inteligíveis, como se entenderá o que se diz? porque estareis como que falando ao ar.
10 Há, por exemplo, tanta espécie de vozes no mundo, e nenhuma delas é sem significação.
11 Mas, se eu ignorar o sentido da voz, serei bárbaro para aquele a quem falo, e o que fala será bárbaro para mim.
12 Assim também vós, como desejais dons espirituais, procurai abundar neles, para edificação da igreja.
13 Por isso, o que fala em língua desconhecida, ore para que a possa interpretar.
14 Porque, se eu orar em língua desconhecida, o meu espírito ora bem, mas o meu entendimento fica sem fruto.
15 Que farei, pois? Orarei com o espírito, mas também orarei com o entendimento; cantarei com o espírito, mas também cantarei com o entendimento.
16 De outra maneira, se tu bendisseres com o espírito, como dirá o que ocupa o lugar de indouto, o Amém, sobre a tua ação de graças, visto que não sabe o que dizes?
17 Porque realmente tu dás bem as graças, mas o outro não é edificado.
18 Dou graças ao meu Deus, porque falo mais línguas do que vós todos.
19 Todavia eu antes quero falar na igreja cinco palavras na minha própria inteligência, para que possa também instruir os outros, do que dez mil palavras em língua desconhecida.

Neste texto, Paulo coloca o dom de línguas, quando não houver interpretação, como algo para edificação apenas pessoal, de quem fala, e inútil para os demais que estão presentes.

Bem, isto é o que está na Bíblia. Quaisquer práticas diferentes do exposto, se não for apostasia, está quase lá.


8 - ENFIM: O QUE É "LINGUAS".


Línguas estranhas é um dos muitos dons dados a igreja pelo Espírito Santo da Promessa. O texto bíblico pode citar "variedades de línguas" ou "línguas estranhas", " língua desconhecida", "diversas línguas", "línguas dos homens e dos anjos" ou simplesmente "línguas", sendo que todas as expressões referem-se ao mesmo dom.

Por ter sido um dom mal entendido, mal ensinado e mal utilizado pelos Pentecostais, as demais denominações optaram por não aceitá-lo, e por fim algumas delas terminaram por negarem também os demais dons.

Pelo fato de o dom de línguas ser algo explicitíssimo nas Escrituras Sagradas, alguns, equivocadamente, ensinam que se trata da facilidade de alguém aprender a falar outros idiomas, como inglês, espanhol, italiano, etc.

O dom de línguas somente será útil, ou válido, se acompanhado do dom de interpretar, que pode ser pelo próprio falante ou por outro.

Não havendo a interpretação, o falante deverá calar-se e manter-se calado, ou, como diz Paulo, falar consigo mesmo e com Deus.

Línguas, aparece no plural, e refere-se a uma variedade de línguas realmente existentes no mundo espiritual.

Podem também ser línguas faladas por algumas culturas humanas, vivas ou já extintas.

O dom do Espírito pode levar o crente a falar tais línguas, sem entender o que fala. Pode também levá-lo a falar entendendo o que fala e já levando-o a traduzir para os ouvintes. Pode ainda levar o crente a somente interpretar o que outros falam em línguas estranhas.

Há testemunhos de crentes, principalmente em campo missionário, de em dado momento, terem entendido uma fala estrangeira sem que soubessem falar a língua.

Há também testemunhos de crentes que conseguiram manter diálogo de horas, sem saberem falar o idioma.

Entendemos que quando há uma real necessidade, ligada a causa do reino, o Espírito Santo faz o que for necessário. Até mesmo translados. Não duvide.


9 - O DIA DE PENTECOSTES.


Pentecostes, é o nome grego de uma festa judaica chamada Shavuot.

Shavuot, em hebraico, significa semanas, pois conforme a lei de Moisés, depois da páscoa (Pessach) se contaria sete semanas (49 dias), e no dia seguinte, que seria então o quinquagésimo, seria feita a festa das semanas.

Pentecostes, em grego, significa "quinquagésimo".

Era o ano 33 da era cristã (salvo os desvios do calendário).

Jesus havia comemorado a Pascoa desse ano com os seus discípulos. Era uma quinta-feira, pois passou a noite no jardim do Getsêmani, onde foi preso e conduzido as autoridades para julgamento e condenação.

Na sexta-feira foi crucificado e as 15:00 horas rendeu o Espírito. Foi sepultado nessa mesma tarde. Passou todo o sábado no Hades. No domingo pela manhã, ressuscitou.

A Bíblia narra três dias, porque na cultura judaica o primeiro e o último dia são contados.

A Páscoa, que é comemorada no dia 14 de Abib (Nisan), é marcada pela morte do cordeiro que foi separado desde do dia primeiro do mês.

Assim também Jesus, como o cordeiro de Deus, foi morto em uma páscoa.

Então Páscoa, lembra a morte do cordeiro, e não a ressurreição como comemorado pela apostasia romana, dando a isto até um ar de zombaria.

Depois de ressuscitado, passou ainda 40 dias aparecendo aos seus discípulos e instruindo-os.
Atos 1:
3 Aos quais também, depois de ter padecido, se apresentou vivo, com muitas e infalíveis provas, sendo visto por eles por espaço de quarenta dias, e falando das coisas concernentes ao reino de Deus.

Neste ponto, recomenda-se a leitura de todo o capítulo primeiro de Atos.

Depois disso, após dar instruções aos discípulos para ficarem em Jerusalém até que fossem revestidos, foi elevado aos céus.

Dez dias depois da ascensão, estando todos os discípulos em Jerusalém, houve então o que relata Lucas em Atos 2. Atos 2:
1 E, CUMPRINDO-SE o dia de Pentecostes, estavam todos concordemente no mesmo lugar;
2 E de repente veio do céu um som, como de um vento veemente e impetuoso, e encheu toda a casa em que estavam assentados.
3 E foram vistas por eles línguas repartidas, como que de fogo, as quais pousaram sobre cada um deles.
4 E todos foram cheios do Espírito Santo, e começaram a falar noutras línguas, conforme o Espírito Santo lhes concedia que falassem.
5 E em Jerusalém estavam habitando judeus, homens religiosos, de todas as nações que estão debaixo do céu.
6 E, quando aquele som ocorreu, ajuntou-se uma multidão, e estava confusa, porque cada um os ouvia falar na sua própria língua.
7 E todos pasmavam e se maravilhavam, dizendo uns aos outros: Pois quê! não são galileus todos esses homens que estão falando?
8 Como, pois, os ouvimos, cada um, na nossa própria língua em que somos nascidos?
9 Partos e medos, elamitas e os que habitam na Mesopotâmia, Judéia, Capadócia, Ponto e Ásia,
10 E Frígia e Panfília, Egito e partes da Líbia, junto a Cirene, e forasteiros romanos, tanto judeus como prosélitos,
11 Cretenses e árabes, todos nós temos ouvido em nossas próprias línguas falar das grandezas de Deus.
12 E todos se maravilhavam e estavam suspensos, dizendo uns para os outros: Que quer isto dizer?
13 E outros, zombando, diziam: Estão cheios de mosto.
14 Pedro, porém, pondo-se em pé com os onze, levantou a sua voz, e disse-lhes: Homens judeus, e todos os que habitais em Jerusalém, seja-vos isto notório, e escutai as minhas palavras.
15 Estes homens não estão embriagados, como vós pensais, sendo a terceira hora do dia.
16 Mas isto é o que foi dito pelo profeta Joel: ...
Sugere-se a leitura do restante do capítulo.


O QUE REALMENTE O TEXTO ACIMA NOS ENSINA?

01 - Todos os discípulos estavam no mesmo lugar. aproximadamente 120 discípulos, entre eles os doze apóstolos, com Matias já eleito no lugar de Judas.

02 - Houve uma manifestação do Espírito Santo, sonora e visual: Sonora: Como o som de um vento forte, que tomou conta do lugar onde estavam. Não houve o vento, apenas o som.

03 - Visual: Línguas que desciam do céu, como que de fogo. Não era de fogo, era semelhante. E pousavam sobre cada um deles.

04 - Todos, sem exceção, ficaram cheios do Espírito Santo. Começaram a falar em outras línguas, ou seja, outras línguas diferentes da língua pátria que cada um falava.

Se fosse línguas estranhas, o texto diria, "em línguas estranhas" ou no singular "língua estranha". Mas o texto diz "outras línguas" que são especificadas no Vs.9 e 10.

05 - Como era o dia da festa das semanas, os judeus de todos as colônias de fora do país faziam peregrinações para Jerusalém. Isso era um dever religioso.

06 - Esses peregrinos já eram os descendentes de várias gerações fora de Israel, e a grande maioria já não falava mais a língua pátria. Então ficaram muito admirados de ver aqueles quase cento e vinte homens falando as diversas línguas dos que ali estavam.

Há uma corrente interpretativa dizendo que os discípulos falavam em língua estranha, e que o Espírito Santo é que fazia com que a multidão ouvisse cada um na sua língua.

É muito estranho imaginar que o Espírito Santo teve a coragem de enganar toda aquela multidão levando-os a pensar que aqueles discípulos eram todos poliglotas. Mas, tem que pense assim.

07 - Neste versículo explica-se a admiração dos ouvintes. Aqueles homens eram todos galileus, e os galileus eram indoutos e mal falavam a sua língua nativa. Como poderiam estar falando aqueles idiomas estrangeiros?

08 - 09 - 10 - 11 - E citam cerca de 16 regiões.

12 - Todos ficaram atônitos, e indagavam: O que significa isso?

Para uma melhor compreensão, leia o restante do capítulo.


10 - EM SUMA.


A Igreja é um único corpo.

Todos os crentes são membros desse corpo, porque todos foram batizados em um mesmo Espírito, formando esse corpo.

Há um só batismo. Se essa firmação é verdadeira, o batismo nas águas e o batismo no Espírito Santo é o mesmo, entendendo-se que o batismo nas águas já evidencia o batismo no Espírito.

Há um só Espírito, Um só batismo e uma só fé, logo, na igreja não pode haver crentes com espíritos diferentes, batismos diferentes ou fé diferente. Se houver, então não é membro da igreja, pois não pertence ao corpo.

Batismo no Espírito Santo, é o primeiro contato ou a primeira interação que o crente tem com o Espírito Santo.

Entre as evidências estão: Júbilo, Zêlo pela Igreja, desejos ministeriais, manifestação de um ou mais dons aparentes, desejo de aprender a Palavra ou sem evidencias aparentes.

Falar em línguas é para aquele crente que recebeu o dom de línguas.

Não são todos os crentes da igreja que falam línguas.

A glossolália leviana pode ser um pecado de agravo contra o Espírito Santo.



(Seleção e comentários dos textos bíblicos: Pr. Walter Vaccaro).


mosaico


PERGUNTAS FREQUENTES:

a - Eu sonhei que estava falando em línguas. Isso caracteriza o batismo?
Resposta: Sim. Sonhar é uma das evidências citadas por Joel. (Joel 2.28)

b- O que é glossolália?
Resposta: Etimologicamente, a palavra glossolalia advém de glossa: língua, idioma, linguagem; e lalia: lalação, tagarelice, balbucio, loquacidade, e não portam valor de significação, mas somente sonoridade.

c - Cair no chão, é um dom do Espírito Santo.
Resposta: Se for, não está na Bíblia. Até onde entendemos, o Espírito Santo levanta as pessoas, e não as derruba. Há casos na Bíblia de alguém cair ante a glória da presença de Deus, como no caso de Daniel, mas essa prática que há hoje nos meios pentecostais e neo-pentecostais, de alguém derrubar as pessoas com um sopro, um toque ou por imposições de mãos, é uma prática sincretizada das correntes espiritualistas e afro. Nada haver com paracletologia.


z - Faça você também uma pergunta, ou comentário. Poste no formulário abaixo.





Estudos Bíblicos
COMENTÁRIOS

Deixe o seu comentário.

De: (Nome ou Pseudônimo)
Região: (Ex: Curitiba, PR, Brasil)
Email: (Não obrigatório mas desejável - Estará em total sigilo.)
Comentário: (1200 caracteres ou 20 linhas)




Nenhum comentário ainda!
Seja você o primeiro.




Buscai no livro do SENHOR, e lede;
Isaías 34.16-a.
A Torah Estudos Bíblicos

https://www.teologia.site

Site desenvolvido com html5; CSS3; Javascript e PHP

setacima

setacima

X = Fechar X = Fechar

     Com sua licença!
     É muito importante a sua opinião sobre este trabalho.
     Após concluir sua leitura, deixe suas observações no formulário abaixo. Leva só dois minutos.

arabesco

CONVITE:
     Deixe um endereço de email, o qual estará protegido, e receba uma vez por mês informações sobre novos estudos e cursos bíblicos que serão publicados aqui. Poderá descadastrar-se quando quiser.
     Não custa nada. Isto nos orienta a oferecer conteúdo cada vez melhor.
Participe, e tenha uma boa leitura.

X = Fechar X = Fechar